Ministério da Economia autoriza o retorno dos servidores e empregados públicos para as repartições.

No pior momento da pandemia da Covid-19 no Brasil, o Ministério da Economia resolveu autorizar nesta quinta-feira, 25, o retorno dos servidores e empregados públicos aos seus ambientes de trabalho. 

Segundo a instrução normativa n° 37, publicada na edição extra do Diário Oficial da União e assinada pelo secretário de gestão e desempenho de pessoal, Wagner Lenhart, 30% do efetivo deve retornar às repartições, sendo que os órgãos onde se encontram gabinetes de secretarias, secretarias-executivas e de ministros de estado ou autoridades equivalentes, a presença de servidores e empregados públicos não deverá ultrapassar o limite máximo de 50% de sua capacidade física.

Conforme a publicação, ficarão liberados para continuar em Home Office apenas os servidores que utilizam o transporte público, assim como a totalidade dos servidores das repartições localizadas nas cidades onde existem restrições locais de circulação ou antecipações de pontos facultativos e feriados legalmente instituídos.

Texto publicado por Heliomar Souza

Categoria:Desgoverno Bolsonaro

Deixe seu Comentário